Trailers

Loading...

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Inseption - Cristopher Nolan Ruleando

Bom dia caros amigos amantes da sétima arte!
Hoje falarei de um filme recente, que aconselho a todos assistirem no cinema.

Inseption(A Origem - título em português que novamente muda completamente o sentido do título original)
Inseption - Poster

O filme começa com Cobb (Leonardo Dicapprio - Ilha do Medo, Gangues de Nova York, O Aviador, Diário de Adolescente, Titanic, Diamante de Sangue e mil outros filmes que aconselho a ver pra conhecer o trabalho do cara... realmente se tornou um excelente ator) conversando com Saito (Ken Watanabe - The Last Samurai, Cartas pra Iwo Jima, Memórias de uma Gueixa e Batman Begins) sobre o que estava ocorrendo nesse momento: "estavam nos sonhos de Saito". Cobb explica que os maiores segredos estão guardados no sonhos de cada um, então aparece Mal (Marion Cotillard - a palavra "foda" é pouco pra descrever essa muié. Pra conhecer o trabalho dela sugiro assistir a Piaf, Inimigos Públicos, Nine, Big Fish e Un long dimanche de fiançailles) para atrapalhar Cobb a roubar os segredos de Saito. Sim, o filme já começa numa maluquice extrema. Mais tarde, no filme, a idéia de que é possível embutir pensamentos em uma pessoa através do sonhos é apresentada, daí o nome Inseption fazendo sentido. Não quero falar mais sobre o filme não, são cenas muito boas pra que você fique lendo aqui sobre, vou agora só fazer alguns comentários sobre o mesmo.
Inseption - Scene
Primeiramente, o elenco é muito bom, além dos já citados anteriormente, temos Ellen Page (Juno, Menina Má.com), Michael Caine (Batman Begins, Batman Dark Knight, Miss Simpatia, O Grande Truque, Filhos da Esperança), Joseph Gordon-Levitt (A River Run Through It, 10 Things I Hate About You, G.I. Joe, 500 Days of Summer). O filme é cheio de efeitos espetaculares, o que se pode imaginar já que estamos falando de um filme que se passa no sonho das pessoas. E por ultimo mas não menos importante, a filosofia que o filme trata. A questão de o que estamos vivendo é real ou apenas uma ilusão fica bem clara no filme. Christopher Nolan realmente mandou muito bem nesse filme, coisa que ultimamente ele esta fazendo bem, temos como exemplo o Batman - Dark Knight que nem preciso comentar né?

Segue o trailer do filme:


Nota: 9,2

Obrigado pela paciência e espero que continuem a acompanhar essa opinião ambulante que vos fala xD
Honey, teve excelente a companhia, valeu demais ^^. Luiz, vá ver esse filme pelamor de Deus, não deixe de ver no cinema, em casa não terá a mesma sensação de efeitos igual ao cinema. Rodolfo, vê se aprende a não dormir nos filmes. E se você é uma das pessoas que não viu o filme ainda não leia os comentários, podem conter Spoilers. Grande abraço e até a próxima!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

O Clássico Woody Allen - Whatever Works

Boa tarde caríssimos leitores amantes do cinema!
Depois de uma longa temporada sem escrever volto e com muito estilo. Nada melhor para pedir um perdão pela demora falando do novo filme de Woody Allen. Antes de mais nada só lhes informar o que está na fila pra escrever: Um Sonho Possível, Chico Xavier, Alice no País das Maravilhas, Robin Hood, Banquete do Amor, 500 Dias com Ela, Shrek 4, Como Treinar Seu Dragão, Príncipe da Persia, Inimigos Públicos e alguns mais que não me lembro nesse exato momento. Espero que gostem. Ah! Estou aberto a pedidos também XD.

Whatever Works (Tudo Pode Dar Certo - preciso comentar essa mania de traduzir títulos? hahaha)
Whatever Works - Poster

Pra quem já conhece o trabalho do meu queridíssimo diretor Woody Allen já sabe o que o aguarda ao entrar na sala de cinema. O personagem principal é um velho chamado Boris Yellnikoff (Larry David - pra quem não o conhece, ele junto com Jerry Seinfield são os produtores da famosa série de comédia Seinfield) que é extremamente arrogante e louco (melhor palavra pra descrever o personagem). Boris depois de tentar um suicídio separa de sua mulher e vai viver sozinho tentando evitar muito o contato com a sociedade que ele denomina como "suja". Em umas de suas raras saídas de casa Boris acaba conhecendo Melodie St. Ann Celestine (Evan Rachel Woods - vencedora de um Golden Globe por Thirteen e ela faz parte do musical Accross The Universe). Melodie é uma jovem que fugiu de casa e estava vivendo na rua, aparenta ter uma certa ignorância intelectual mas que se mostram traços de pura ingenuidade. Boris a acolhe em casa e a partir daí que a história fica engraçada, o velho rabugento e inteligente vivendo com uma jovem simpática e ingênua.

Whatever Works - Scene

Nesse filme é interessante que Woody Allen coloca as idéias que, na minha opinião e do meu velho também, são idéias do próprio diretor de forma bem legal e interativa, onde há cenas em que o personagem conversa com a platéia do cinema (claro que num monólogo né...hauhauha). É um filme muito bom para uma reflexão da vida também.

Segue o trailer para vocês terem uma pequena noção do filme:



Nota: 8,7

Espero que possam aproveitar tanto do filme quanto eu pude. Obrigado pela companhia honey ^^
Grande abraço e bons filmes!!!

quarta-feira, 10 de março de 2010

Up In The Air

Boa noite Caros amigos companheiros de viagens alheias pelo mundo da imaginação, venho por este meio democrático e livre de comunicação lhes falar sobre um filme realmente bom para parar e pensar um pouco sobre nossas vidas e onde nossas ações e sentimentos estão nos levando.

Up In The Air (horrorosamente traduzido para "Amor Sem Escalas")
Up In The Air - Poster

O filme começa nos falando sobre o trabalho de Ryan Bingham(George Clooney - Tem um milhão de filmes com ele mas recomendo Syriana, Good Night and Good Luck e Burn After Reading) que é simplesmente demitir pessoas. Parece fácil né? Você já tentou demitir uma pessoa? Pois é...Ryan trabalha em uma empresa que é especializada nisso, e é muito bom e feliz em sua função até que uma nova funcionária, Natalie Keener(Anna Kendrick - Ela ainda é jovem e tem um histórico de muitos filme adolescentes e inclusive faz parte do elenco de Twilight ou Crepúsculo em PT para os afins) , aparece para implantar um novo sistema que iria reduzir o custo da empresa. Ryan desafia Natalie a realmente entender o seu trabalho e os dois saem em uma jornada de trabalho pela país a fora.
Up In The Air - Scene

Up in the air nos leva a uma história de reflexão sobre onde o personagem principal se descobre iludido com sua vida pois na vida solitária que tinha, tudo não passava apenas de uma vida supérflua. Não vou falar mais do filme até mesmo pra não estragar sua diversão no cinema. Filme muito bom, divertido e levou o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado pelo Sindicato dos Roteiristas dos EUA. Vale realmente a ida ao cinema. Segue abaixo o trailer do filme:



Nota: 9,0

Obrigado pela paciência com essa pessoa que vos fala e me desculpem pela grande demora na postagem, tenho mais 3 filmes pra falar a todos. Boa viagem a todos! =D

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Films pour les Chubby en service

Bonjour, chers lecteurs de mon cœur! Hoje aos embalos de temperados e deliciosos dias que se passaram, venho através desse meio de comunicação democrático e acessível a todos lhes falar sobre um filme leve e gostoso como uma clara de neve adocicada.

Julie & Julia
Julie & Julia - Poster

Puxem suas cadeiras e sirvam-se a vontade. Dica do dia: não vá ao filme com fome! Você com certeza irá morrer se o fizer (não estou de exageros). Bom, deixa parar de viajar e vamos ao filme. Essa película traz a história de duas mulheres de épocas diferentes e de jeitos parecidos que descobrem na culinária um meio de escape da vida pacata e sem objetivo em que viviam. Julie Powell (Amy Adams *-*- Segundas intenções 2; Catch Me If You Can - apaixonei no filme...auhauahua) é uma escritora de um livro inacabado e frustrada com seu emprego atual que começa a escrever um blog sobre as receitas da famosa Julia Child (Meryl Streep - Sofie's Choice; The Hours; The Devil Wears Prada; Mama Mia e mais um milhão e meio de filmes que ocupariam todo o espaço do servidor XD) em 1 ano. O filme nos mostra presente e passado misturando as vidas de Julie & Julia com amostras de amizade, apoio das pessoas de quem gostam, amor e manteiga XD. É uma comédia tranquila e divertida para agradar a todos os gostos. Meryl Steep, pra variar, dá um show a parte. Tanto que levou o Golden Globe por Melhor Atriz de Comédia ou Musical, e BEM merecido por sinal.

Julie & Julia - Scenes
Coloque sal na sua vida e vá assistir a um agradável filme que garanto a diversão.Segue o trailer do filme:



Nota: 9,0

Muito obrigado pela paciência e atenção de todos. Um feliz 2010 para todos!!!See yall soon e Bon Appétit!!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Avatar - Façanhas de James Cameron

Bom dia galerinha fãs de cinema que me aturam nessa tentativa de contato com um mundo de ficção, suspenses, dramas e aventuras. Hoje falarei sobre um filme que assisti ontem e recomendo a todos assistirem principalmente pela beleza do filme.

Avatar
Avatar - Poster

O filme não traz nada novo em questão de história, pois trata de um povo nativo lutando contra os exploradores pela sobrevivência em sua terra (isso não lembra a nossa história?). Jake Sully (Sam Worthington, fez papel em Terminator - The Salvation) é um ex-fuzileiro que assumi o lugar do irmão morto para fazer parte de uma missão para a exploração em um planeta chamado Pandora. Jake é paraplégico e aceita a missão de se misturar aos nativos, denominados Na'Vis, em troca de uma cirurgia para recuperar o movimento de suas pernas. Nesse meio tempo de integração com os Na'Vis, Jake começa a ficar em dúvida sobre sua missão pois se envolve bastante com os, como diz um amigo meu, Pocahontas em fusão com os Smurfs (XD).
Avatar - Scene

O filme tem imagens fantásticas e traz filosofias interessantes de se tratar. Há questões como o meio ambiente (coisa que mais se fala hj em dia), equilibrio (coisa que na minha opinião se todos agíssemos da forma como é falado no filme, resolveríamos 90% dos nossos problemas). Não vou prolongar meus devaneios aqui, pq isso é coisa pra buteco, que por sinal podem me chamar pois estou de FÉRIAS!!!!
Segue abaixo o trailer do filme:



Nota: 9,2

Recomendo irem assistir. Dizem que 3D é mais divertido. So beat it, gtg now. Boas festas a todos e que o próximo ano seja infestado de filmes excelentes para enchermos essa budega aqui de futuros clássicos. E citando o filme "I SEE YOU".

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Volta no tempo - Parte I (House of Flying Daggers)

Boa tarde a todos meu amigos e companheiros cinéfilos!
Venho depois de uma longa jornada sem falar nada, para voltar um pouco no tempo e falar de alguns filmes que na minha opinião se tornaram marcos, não só pela história boa mas sim em um contexto muito bom. Hoje começarei tratando de um filme que gostei muito na época em que assisti.

House of Flying Daggers (O Clã das Adagas Voadoras)
House of Flying Daggers

A história se passa toda na China em uma época que estavam crescendo as oposições ao governo chinês e um desse grupos era o famoso Clã das Adagas Voadoras. Leo (Andy Lau) e Jin (Takeshi Kaneshiro), dois capitães do exército armam um esquema para chegar ao clã através de uma dançarina cega, Mei (Zhang Ziyi). O que eles não esperavam era que iriam se apaixonar pela bela Mei. O resto é ir ver o filme e sentir o drama...hauhauhauhua
O filme tem uma fotografia fantástica! As cenas de lutas são muito bem coreografadas e com tudo que um filme de luta chinesa/japonesa tem direito. Destaque para a trilha sonora do filme que é simplesmente perfeita. Esses Japas/Chinas tem a manha nos instrumentos viu...auahuhauha...Falo em Japa/Chinas porque é tudo a mesma coisa...só muda de endereço! Kkkk
House of Flying Daggers

Segue abaixo o trailer para vocês:



Nota: 9,7

Espero que vocês continuem me acompanhando, um grande abraço galerinha gente boa e até o próximo post!

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Inglourious Basterds - Quentin Tarantino rocks!!!

Boa tarde a todos meus companheiros fãs de cinema que me acompanham em meus devaneios ao redor das magníficas histórias criadas pela grande imaginação de diretores e roteiristas. Hoje vou falar nada mais nada menos do que de Quentin Tarantino.

Inglourious Basterds (mal traduzido para Bastardos Inglórios aqui no Brasil)
Inglourious Basterds

Bom, pra começar, gostaria de esclarecer que aqui vai uma opinião de uma pessoa que gosta bastante do estilo do Tarantino, ou seja, serei bem enfático ao falar do diretor. Pra quem não conhece muito do irônico e genial Quentin Tarantino, aconselho muito a assistir os filmes a seguir antes de apreciar o Inglourious Basterds - pra começar peguem Reservoir Dogs (Cães de Aluguel), Pulp Fiction (com John Travolta, Samuel L. Jackson e Uma Thurman), Kill Bill vol.1 e vol.2 (também com a Uma Thurman), Sin City - mesmo que como diretor convidado da pra sentir um pouco de como o diretor trabalha (com a gatíssima Jéssica Alba, Elijah Wood) e por fim Grindhouse (este são dois filmes que Quentin Tarantino e seu amigo Robert Rodriguez escreveram e produziram).
Vamos ao Inglourious agora...auhauha...O filme começa com um Coronel nazista -Hans Landa - caçando uma família de judeus que está desaparecida. Tudo acontece na época em que os nazistas ocupavam a França e continuavam com a caça aos judeus. Ao meu ver, o tema principal é a vingança, onde os que sofreram com a opressão alemã fazem de tudo para que os nazistas tenham um fim sofrido. Surge então um grupo de guerrilheiros chamados de Bastardos Inglórios que o único objetivo é matar e botar medo em todos os nazistas. No elenco há o Brad Pitt que está muito bem no papel de líder dos Bastardos e Christoph Waltz que está dando um show de interpretação no papel do Coronel Hans Landa - merece até um Oscar...
Inglourious Basterds

Esse filme encontra-se todos os elementos que um bom filme do Tarantino requer, ironia, violência exagerada, elementos cômicos, suspense e referências a filmes antigos que você vai entender ao assistir os filmes citados anteriormente por mim. É isso ai galerinha, só assistindo mesmo para comprovar o que os digo. Segue abaixo o trailer do filme para um pequeno deleite de todos:



Nota: 9,8